segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

AÉCIO NEVES SAIRÁ NO LIVRO DOS RECORDES




O Ex-Governador de Minas Gerais Aécio Neves foi indicado para o Guinness Book após bater o recorde de candidato que perdeu o maior número de turnos dentro de uma mesma eleição.

Especialistas afirmam que Aécio sofre de um raríssimo caso de fracasso que subiu à cabeça. Dessa forma, após a derrota nos dois turnos da eleição presidencial de 2014, o candidato busca desde então diariamente mais turnos para ser derrotado.

Um dia após o encerramento do segundo turno eleitoral de 2014, Aécio e seus aliados já iniciaram o terceiro turno da eleição buscando junto ao TSE a impugnação das contas da Campanha da candidata vencedora do pleito. Assim que as contas da campanha vencedora foram aprovadas e o candidato foi mais uma vez derrotado, iniciou imediatamente o quarto turno, buscando impedir a diplomação da Presidente e, após mais essa derrota, no quinto turno tentou impedir a posse.

O Senador ainda apoiou dois movimentos grevistas de caminhoneiros que prometiam parar o Brasil, além de pelo menos três “grandes” manifestações de pessoas, convocadas e orientadas por uma grande rede de televisão a irem a passeios dominicais em praças públicas de capitais brasileiras devidamente vestidas com camisetas com o brasão da CBF. E, finalmente, após o fim do “acampamento pelo impeachment” no pátio do Congresso por um movimento de jovens apoiados por ele e mais uma manifestação “espontânea” fracassada no dia 13 de dezembro de 2015, o candidato conseguiu chegar à incrível marca de 12 turnos com derrotas em uma mesma eleição, conquistando assim a tão sonhada e merecida indicação ao livro dos recordes.

Entretanto, mesmo após o recorde alcançado, fontes ligadas ao Senador, que não quiseram se identificar, indicam que ele não irá parar por aí. Além dos três processos abertos pelo seu partido que caminham no TSE buscando a impugnação do mandato eletivo da Presidente, Aécio Neves ainda participa ativamente da tentativa capitaneada pelo seu aliado político Eduardo Cunha de emplacar um processo de impedimento da Presidente sem qualquer base legal.

A maioria dos especialistas políticos consultados pela nossa equipe de reportagem não arriscou projeções, mas alguns acreditam que até 2018 o candidato possa superar a inacreditável marca de 20 turnos perdidos dentro de uma mesma eleição, o que seria um recorde praticamente imbatível.

As mesmas fontes ligadas ao candidato ainda citam que ele tentará o golpe mais emblemático antes das próximas eleições presidenciais. Aécio Neves é completamente contrário à tese defendida por seu avô, de que um país democrático é onde a maioria da população escolhe seus representantes. Essa definição é completamente estapafúrdia do ponto de vista do Senador, que tentará uma mudança na Constituição, de forma a fazer com que o Presidente da República passe a ser escolhido por uma comissão de importantes jornalistas da revista Veja, da Época, da Rede Globo e da Rádio Arco-íris, da qual é proprietário. Dessa forma, finalmente o Brasil terá uma democracia de verdade e não mais essa vergonhosa “ditadura bolivariana” onde as pessoas podem escolher seus representantes através do voto universal.



·    * Texto dedicado à memória de Tancredo Neves, que esbravejou contra o golpe em 1964, ajudou a redemocratizar o país e deve estar se debatendo no túmulo a cada nova manobra golpista protagonizada por seu neto.


5 comentários: